Sexta-feira
28 de Janeiro de 2022 - 

Consulte seu Processo

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Receba Notícias do Nosso Site

Receba notícias atualizadas sobre seu direito.

Previsão do tempo

Hoje - Salvador, BA

Máx
31ºC
Min
25ºC
Chuvas Isoladas

Sábado - Salvador, BA

Máx
29ºC
Min
25ºC
Chuvas Isoladas

Domingo - Salvador, BA

Máx
32ºC
Min
25ºC
Chuvas Isoladas

Segunda-feira - Salvador,...

Máx
32ºC
Min
25ºC
Parcialmente Nublado

TRT/RJ ganha 16 novos mediadores nesta 2ª feira (6/12)

O Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ) ganhou 16 novos mediadores nesta segunda-feira (6/12), com a entrega de certificados de conclusão da segunda turma de 2021 do Tribunal voltada à formação dessa especialidade. Agora, já são 33 magistrados e servidores formados este ano em mediação (22 magistrados, sendo quatro desembargadores, e 11 servidores). A solenidade foi realizada no salão nobre do prédio-sede.  Durante a entrega dos certificados, o diretor da Escola Judicial (EJ1), desembargador Leonardo Pacheco, lembrou do pioneirismo do TRT/RJ como instituição que busca o aprimoramento das atividades de mediação. “Nenhum curso trazia, à época, requisitos que atendessem ao disposto pelo Conselho Nacional de Justiça (Resolução  CNJ nº 174/2016) quanto ao aprimoramento dos mediadores. Éramos o único Tribunal que fazia isso quando começamos e hoje servimos de parâmetro para todo o Brasil”, destacou ele.     O curso dessa segunda turma foi dividido em um módulo teórico de 42 horas-aula, concluído em 28/5, e em um módulo prático, com 60 horas de atividades supervisionadas de atendimento de casos reais e 20 horas de reuniões de supervisão, somando 80 horas-aula, concluído em 31/8. A formação e qualificação é um dos requisitos para atuação no Cejusc do TRT/RJ. O diretor da Escola Judicial, desembargador Leonardo Pacheco, entrega certificado de conclusão do curso de mediaçao à juíza do TRT/RJ Bianca da Rocha Dalla Vedova  No Cejusc-CAP da 1º Região, todos os mediadores são formados e certificados conforme as exigências do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT). No caso dos magistrados, a formação é exigida para atuação como coordenador de Nupemec e coordenador e supervisor de Cejusc. A proposta da Escola Judicial é manter a formação sistemática de novos mediadores e oferecer, permanentemente, atividades de capacitação continuada para aprimorar a atuação desses profissionais. A capacitação dos novos mediadores é realizada pela EJ1 através de acordo de cooperação entre os Nupemecs do TRT/RJ e do TRT de São Paulo (2ª Região).  
06/12/2021 (00:00)
Número de Visitas:  2308790
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.